Document
PATROCINADORES

Nº 178: pandemia no Chile; o convite de Doria; Nova York sem mortes

Questão chilena

As mortes e casos crescentes no Chile tem preocupado os cientistas, apesar da campanha de imunização avançada, 43% totalmente vacinada no país. Na semana epidemiológica de 24 de maio e 4 de junho, a média móvel foi de 88 mortes e 6.116 casos, para 110 mortes e 7.138 casos, crescimento de 25% e 16,7%, respectivamente. As possíveis explicações incluem clima, cepas e o relaxamento prematuro do distanciamento social. Os cientistas observam a vacina utilizada. Nos EUA são usadas exclusivamente a Pfizer (eficácia global de 95%) e Moderna (eficácia global de 94,5%). Na Inglaterra, Pfizer e AstraZeneca (eficácia global de 90%). Em Israel, apenas Pfizer – todas altamente eficazes. No Chile, 85% das doses são da CoronaVac (eficácia global de 50,38%) e 15% Pfizer. A menor eficácia da CoronaVac pode explicar. No Brasil, a situação é diferente, a AstraZeneca e a CoronaVac são usadas praticamente em 50% da população, proporcionalmente. Há ainda 200 milhões de doses da Pfizer para serem administradas. Os resultados de Serrana, pesquisa do Instituto Butantan, também são avaliados.

O que MONEY REPORT publicou hoje

Pedido dos governadores

O Coordenador do Fórum Nacional de Governadores e chefe do executivo piauiense Wellington Dias (PT), pediu ao diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, celeridade na aprovação das fases 1, 2 e 3 de testes da ButanVac, imunizante brasileiro do Instituto Butantan. “Tendo em vista que há, aproximadamente, 7 milhões de doses prontas e armazenadas, com a expectativa que um total de 40 milhões seja produzido até setembro deste ano, a oportunidade urge esforços redobrados, sem descuidar das regras de segurança e qualidade, tão caras à Anvisa”, a nota.

Luana no Centro de Contingência

Médica infectologista durante a CPI da Pandemia, Luana Araújo

O site Antagonista confirmou que o governador paulista João Doria (PSDB) convidou a infectologista Luana Araújo para integrar o Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo. Seu depoimento na CPI da Pandemia no Senado em 2 de junho, teria chamado a atenção pelas duras críticas às teses sem fundamento ao tratamento precoce e a imunidade de rebanho sem vacinas. Ainda não foi divulgado se ela aceitou ao convite.

50,9 milhões de doses

A Fiocruz chegou a 50,9 milhões de doses entregues ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). As entregas incluem 46,9 milhões produzidas na instituição e 4 milhões importadas do Instituto Serum, da Índia.

Sem mortes por um dia

Nova York registrou queda de 95% nas contaminações e está a 24 horas sem mortes pela doença. Isso não era vista desde meados de março de 2020. Os dados estão em linha com a ampla campanha de vacinação, 63% dos adultos receberam pelo menos uma dose das vacinas disponíveis. Nesta semana, os EUA registraram em média de 14,3 mil casos diários, segundo dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), o mais baixo desde 24 de março de 2020, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que o país seria o novo epicentro.

Painel Coronavírus

Vacinados
• 2,09 bilhão no mundo (27,8% da população)
• 70,4 milhões no Brasil (33,3% da população)

Segunda dose
• 421 milhões no mundo (5% da população) *
• 20,9 milhões de brasileiros (9,91% da população)
* dados arredondados

Quando será a minha vez?
Não há dia certo, porém no link da plataforma “Quando vou ser vacinado” é possível obter uma estimativa. Como os dados são atualizados quase todos os dias, as expectativas mudam de acordo com a quantidade de doses aplicadas, grupos atendidos, faixas etárias e estado. Confira.

Leitos de UTI
• 90% * de ocupação total em 13 estados brasileiros e o DF
* Não há uma contagem sistemática e centralizada dos leitos de UTI disponíveis nas redes pública e privada do país. O levantamento de MR é baseado nas informações veiculadas na imprensa

Casos confirmados no Brasil
• 16.907.425 – acumulado
• 66.017 – novos infectados
• 15.290.500 – recuperados
• 1.144.394 – em acompanhamento
• 8045,5 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil
• 472.531 – óbitos acumulados
• 1.689 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 224,9 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 05/06/21 – 18h00

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade Johns Hopkins (EUA) e Fiocruz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.