Document
PATROCINADORES

Nº 153: prioritários olímpicos; Barra Torres na CPI; domingo sem mortes na Inglaterra

Atletas imunizados

O Ministério da Saúde anunciou, nesta terça-feira (11), a vacinação de todos os integrantes das delegações olímpica e paralímpica brasileiras que irão aos Jogos de Tóquio, previstos entre 23 de julho e 8 de agosto. De acordo com o ministro Marcelo Queiroga, serão imunizadas 1.814 pessoas, entre atletas, comissão técnica e jornalistas credenciados. Para tanto, foram doadas 4.050 doses pela Pfizer e 8 mil pela Sinovac – suficientes para seis mil pessoas. Na imagem em destaque, a maratonista aquática Ana Marcela Cunha, atleta que voltou a treinar para as Olímpiadas.

  • As imunizações começarão na quarta-feira (12), em Fortaleza, São Paulo e Rio de Janeiro;
  • Em Porto Alegre e no Distrito Federal, as aplicações começam em 17 de maio.

Pfizer e o intervalo para Tóquio

Há uma potencial confusão no emprego das doses doadas pela Pfizer para os atletas olímpicos brasileiros. A farmacêutica recomenda um intervalo 21 dias entre as inoculações, porém no Brasil as autoridades de saúde optaram por um espaçamento de 12 semanas. O problema é que faltam 10 semanas e dois dias para o início oficial das competições. Assim, restaria aos brasileiros receberem só a CoronaVac, que pede 28 dias, ou a quebra do protocolo vacinal para a Pfizer. Contrariando o fabricante, o Ministério da Saúde informou que adotou a mesma metodologia britânica, que ampliou o prazo das doses com base em estudos que constataram que há proteção suficiente mesmo com apenas uma dose.

O que MONEY REPORT publicou hoje

Osaka perto do colapso

Com 8,8 milhões de habitantes e responsável por 12% da economia do Japão, Osaka passa por uma onda renovada de contaminações por causa da circulação da variante britânica (B.1.1.7). Os recursos hospitalares da cidade estão próximos do esgotamento e a campanha de vacinação segue lenta no país inteiro. A opinião pública japonesa está insatisfeita com a maneira que o governo conduz a crise e há dúvidas sobre a necessidade dos Jogos Olímpicos. Para piorar, as autoridades de Osaka ainda não explicaram o motivo para 18 pessoas terem morrido sem hospitalização após apresentarem quadros graves da doença. A ocupação das UTIs na cidade bateu 96% nesta segunda-feira (10).

O que disse Barra Torres à CPI

Presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres

O resumo do que o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o cirurgião Antônio Barra Torres, falou à CPI da Pandemia.

  • Cloroquina: ele afirmou que não houve pressão do Planalto para a aprovação da cloroquina ao tratamento da covid-19. O que ocorreu foi uma tentativa de mudança na bula do medicamento durante uma reunião com ministros;
  • Independência: Barra Torres afirmou que a Anvisa é independente, técnica, formada por servidores de carreira e que a política e os políticos não têm poder para exercer pressões legítimas sobre a instituição. O lobby das farmacêuticas também não influenciaria na liberação de medicamento e vacinas: “A única pressão sobre a Anvisa são os mais 410 mil mortos”.
  • Politização: médico, ele criticou as declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre as vacinas no início da pandemia e como isso foi inadequado. Barra Torres lembrou que em outubro de 2020, Bolsonaro desautorizou a compra 46 milhões de doses da CoronaVac pelo ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. “A vacina chinesa de João Doria”, afirmou Bolsonaro na ocasião.
  • Sputnik V: “A autorização de uso emergencial encontra-se neste momento em análise na agência, através da submissão de documentos pela empresa. Essa análise encontra-se parada para que a União Química forneça os documentos”, explicou. Na segunda-feira (10), o ministro do STF, Ricardo Lewandowski, deu 48 horas para a agência informar quais documentos estavam faltando – que foi atendido em poucas horas.

Vacinas para turistas em Nova York

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, afirmou nesta terça-feira (11), que a cidade está pronta para vacinar turistas. Questionado por um repórter da GloboNews sobre os brasileiros, o prefeito afirmou: “Queremos que todos estejam seguros e, obviamente, meu coração está com o povo do Brasil. Há tanta dor, tanta dificuldade”. A prefeitura quer instalar vans na Times Square e em pontos turísticos para aplicar a vacina da Johnson & Johnson (dose única). Entretanto, os brasileiros continuam proibidos de entrar nos EUA.

Inglaterra sem mortos

No domingo (9), a Inglaterra não registrou nenhuma vítima fatal por covid pela primeira vez desde julho de 2020 (se incluídas Escócia, Gales e Irlanda do Norte, o Reino Unido somou quatro mortos). Há otimismo de sobra, já que 56 milhões dos 66 milhões de habitantes do país vivem na Inglaterra. O primeiro-ministro, Boris Johnson, anunciou que na próxima segunda-feira (17) entrará em vigor a nova etapa da flexibilização.

Painel Coronavírus

Vacinados
• 1,32 bilhão no mundo (17,6% da população)
• 47,3 milhões no Brasil (22,4% da população)

Segunda dose
• 295 milhões no mundo (3,5% da população) *
• 15,4 milhões de brasileiros (7,31% da população)
* dados arredondados

*Os dados globais não foram atualizados pela Universidade Johns Hopkins

Quando será a minha vez?
Não há dia certo, porém no link da plataforma “Quando vou ser vacinado” é possível obter uma estimativa. Como os dados são atualizados quase todos os dias, as expectativas mudam de acordo com a quantidade de doses aplicadas, grupos atendidos, faixas etárias e estado. Confira.

Leitos de UTI
• 82% * de ocupação total em 16 estados brasileiros e o DF
* Não há uma contagem sistemática e centralizada dos leitos de UTI disponíveis nas redes pública e privada do país. O levantamento de MR é baseado nas informações veiculadas na imprensa

Casos confirmados no Brasil
• 15.282.705 – acumulado
• 72.715 – novos infectados
• 13.847.191 – recuperados
• 1.009.974 – em acompanhamento
• 7272,4 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil
• 425.540 – óbitos acumulados
• 2.311 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 202,5 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 11/05/21 – 19h

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade Johns Hopkins (EUA) e Fiocruz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.