Document
PATROCINADORES

Nº 150: imunidade de rebanho; 100 mil óbitos paulistas; tuk-tuk emergencial

Para chegar ao percentual necessário

A imunidade de rebanho clássica, 70% da população vacinada, deve ser atingida no Brasil até o fim de 2021, estima o UBS BB. Porém foi apontado que a inoculação dos brasileiros acima de 30 anos, 56% da população, o suficiente para aliviar o sistema de saúde e liberar o funcionamento de atividades econômicas com segurança, deverá ser atingida até setembro, aponta uma reportagem do jornal Valor Econômico deste sábado (8). As estimativas foram calculadas com os dados do Datasus do Ministério da Saúde com base nos resultados dos últimos 12 meses.

O que MONEY REPORT publicou hoje

100 mil paulistas mortos

O estado de São Paulo chegou à marca dos 100.649 mil mortos pela Covid-19, apontam os dados da Secretaria Estadual da Saúde.

Alto risco no Rio

O estado do Rio de Janeiro permaneceu na zona de risco moderado (bandeira laranja) para contaminações, segundo a 29ª edição do Mapa de Risco, divulgada na sexta-feira (7) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). A análise compara a semana epidemiológica 16 (18 a 24 de abril) com a 14 (4 a 10 de abril) de 2021.

  • Bandeira vermelha: a capital, a Baixada Fluminense, Baía da Ilha Grande, Região Serrana e Noroeste Fluminense;
  • Bandeira laranja: Centro-Sul, Metropolitana II (Leste Fluminense), Litorânea, Norte e Médio Paraíba;

30 milhões de doses

A Fiocruz anunciou na noite de sexta-feira (7) a entrega de mais 3,6 milhões de doses de vacina ao Plano Nacional de Imunizações (PNI). Com o novo repasse, a instituição supera a marca de 26 milhões de doses produzidas e disponibilizadas aos estados e municípios. Com as importações do início do ano, a Fiocruz entregou mais de 30 milhões de doses.

Aprovação definitiva nos EUA

A Pfizer solicitou aprovação definitiva do governo americano para sua vacina e têm como meta a produção de 4 bilhões de doses em 2022, principalmente em países de renda média e baixa.

Tuk-tuk para urgências

Mohammad Javed Khan, condutor de tuk-tuk na Índia

Mohammad Javed Khan, 34 anos, um motorista indiano de ‘tuk-tuk’, viu na cidade Bhopal pessoas carregando seus parentes doentes com covid-19 nos braços, vendeu as poucas joias de sua esposa e transformou seu veículo em uma pequena ambulância -, com um cilindro de oxigênio, um oxímetro para medir o nível de oxigênio no sangue. Ele já teve problemas com a polícia indiana por utilizar o transporte de emergência sem autorização, mas o incidente repercutiu nas redes sociais. A polícia retirou as acusações e as autoridades locais lhe concederam uma “permissão especial”.

Painel Coronavírus

Vacinados
• 1,26 bilhão no mundo (16,8% da população)
• 46,8 milhões no Brasil (22,2% da população)

Segunda dose
• 295 milhões no mundo (3,5% da população) *
• 15,1 milhões de brasileiros (7,18% da população)
* dados arredondados

Quando será a minha vez?
Não há dia certo, porém no link da plataforma “Quando vou ser vacinado” é possível obter uma estimativa. Como os dados são atualizados quase todos os dias, as expectativas mudam de acordo com a quantidade de doses aplicadas, grupos atendidos, faixas etárias e estado. Confira.

Leitos de UTI
• 85% * de ocupação total em 16 estados brasileiros e o DF
* Não há uma contagem sistemática e centralizada dos leitos de UTI disponíveis nas redes pública e privada do país. O levantamento de MR é baseado nas informações veiculadas na imprensa

Casos confirmados no Brasil
• 15.145.879 – acumulado
• 63.430 – novos infectados
• 13.677.668 – recuperados
• 1.046.895 – em acompanhamento
• 7207,3 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil
• 421.316 – óbitos acumulados
• 2.202 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 200,5 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 08/05/21 – 18h00

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade Johns Hopkins (EUA) e Fiocruz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.