Document
PATROCINADORES

Nº 144: falta remédio para artrite; Covax 48 horas; esgotos testados

Tocilizumabe, nome difícil, problema maior ainda

O uso do tocilizumabe em casos de covid está prejudicando crianças e adultos que sofrem de artrites. O medicamento está em falta, o que provoca interrupção de tratamentos contínuos. O alerta é da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR). O tocilizumabe reduz a inflamação em casos de artrite reumatoide, artrite infantil (artrite idiopática juvenil) e em algumas doenças autoimunes. Em casos mais severos de pacientes de covid, o medicamento é usado para tentar reduzir a inflamação pulmonar.

O que MONEY REPORT publicou hoje

48 horas para distribuir lote da Covax Facility

O Ministério da Saúde recebeu neste sábado (1º), 220 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca do consórcio Covax Facility no aeroporto de Guarulhos em São Paulo. O lote fez parte da remessa de 4 milhões de doses dos imunizantes previstos para maio.

Prometido e cumprido. Neste domingo (2) desembarcou no aeroporto de Cumbica, em São Paulo, o segundo lote com 3,8 milhões de doses da vacina da AstraZeneca, Covishield, perfazendo 4 milhões de doses desde sábado (1º). O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que os imunizantes serão distribuídos aos estados em até 48 horas. O lote integra a compra de 10,5 milhões de doses feita junto ao consórcio internacional Covax Facility, organizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Fiocruz vai produzir IFA da Covishield

Frasco do imunizante da AstraZeneca, produzidos no Brasil pela Fiocruz

O Brasil deve ficar um pouco menos dependente das importações do ingrediente farmacêutico ativo (IFA) que a Fiocruz usa para produzir a Covishield, a vacina da AstraZeneca desenvolvida em parceira com a Universidade de Oxford, do Reino Unido. A partir deste mês, a Fiocruz deve começar a produzir seu próprio IFA. As primeiras vacinas totalmente nacionais devem ser entregues já em outubro, afirmou Nísia Trindade, presidente da instituição à CNN Brasil, neste domingo (3).

Comissão Europeia quer analisar esgotos

Para grandes problemas, soluções inventivas. A Comissão Europeia quer que todos os seus países analisem com regularidade seus sistemas de esgoto em busca de indícios de coronavírus. Diante da dificuldade para testar grande populações de tempos em tempos, a solução possível pode também ser um das mais baratas e eficientes. O sistema pode entrar em operação em menos de seis meses. O comissário do Meio Ambiente da UE, Virginijus Sinkevicius, em entrevista neste domingo (02) ao jornal alemão Welt am Sonntag, afirmou que a investigação de águas residuais é “um conceito comprovado na vigilância da saúde pública”. Metrópoles como Nova York e Barcelona ​​usam amostras para obter conhecimento sobre o uso de drogas e remédios entre a população.

Chile vai vacinar população até 35 anos

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, no Palácio do Planalto

O alto índice de contágio da população adulta do Chile força a aceleração do programa de vacinação. O presidente Sebastián Piñera afirmou que nas próximas duas semanas toda a população saudável entre 35 e 44 anos devera ser atendida. Para tanto, o governo anunciou um acordo com a chinesa Sinopharm para a entrega de mais 3 milhões de doses da Sinovac em maio. O Chile já imunizou 8,13 milhões de pessoas com a primeira dose de vacinas e 6,73 milhões com a segunda. Há mais de 1,2 milhão de casos registrados e mais de 26 mil mortes pela covid. A Sinovac é a principal vacina empregada no Chile. A meta do governo é atingir 80% da população – 15 milhões de pessoas – ainda no primeiro semestre.

Painel Coronavírus

Vacinados
• 1,15 bilhão no mundo (15,32% da população)
• 43,04 milhões no Brasil (20,39% da população)

Segunda dose
• 295 milhões no mundo (3,5% da população) *
• 13,46 milhões de brasileiros (6,4% da população)
* dados arredondados

Quando será a minha vez?
Não há dia certo, porém no link da plataforma “Quando vou ser vacinado” é possível obter uma estimativa. Como os dados são atualizados quase todos os dias, as expectativas mudam de acordo com a quantidade de doses aplicadas, grupos atendidos, faixas etárias e estado. Confira.

Leitos de UTI
• 85% * de ocupação total em 19 estados brasileiros e o DF
* Não há uma contagem sistemática e centralizada dos leitos de UTI disponíveis nas redes pública e privada do país. O levantamento de MR é baseado nas informações veiculadas na imprensa

Casos confirmados no Brasil
• 14.754.710 – acumulado
• 28.935 – novos infectados
• 13.278.718 – recuperados
• 1.068.553 – em acompanhamento
• 7.021,2 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil
• 407.639 – óbitos acumulados
• 1.202 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 194 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 02/05/21 – 19h

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade Johns Hopkins (EUA) e Fiocruz.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.