PATROCINADORES

Nº 138: Brasil sem Sputnik; AstraZeneca processada; Soberana no Irã

Importação reprovada

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reprovou nesta segunda-feira (26) a importação da vacina russa Sputnik V. O órgão apontou falta de documentação e possíveis riscos à saúde. O colegiado da agência se reuniu para cumprir uma determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que concedeu um prazo de 30 dias para que uma decisão sobre o imunizante fosse dada. O gerente-geral de medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes, informou que a Sputnik V pode ser prejudicial à saúde humana por usar um vírus que naturalmente se replica. Carolina Marino, gerente-geral de fiscalização, ressaltou a ausência de relatórios de agências internacionais que comprovem a segurança e eficácia. O relator do processo, Alex Machado Campos, afirmou que nenhuma avaliação foi entregue pela autoridade sanitária da Rússia. Dos documentos necessárias à aprovação, 63,75% estavam pendentes.

O que MONEY REPORT publicou hoje

Soberana 02 testada no Irã

O Irã iniciou a terceira fase do ensaio clínico (imagem em destaque) da vacina cubana Soberana 02, localmente chamada de Pasteur. Cerca de 24 mil voluntários participarão dos testes. O Irã também desenvolve a sua vacina, COV-Iran Barekat, que está na fase 3.

Queda nas internações paulistas

O governo paulista registrou queda de 26,9% nas internações de pacientes com o novo coronavírus. No domingo (25) havia 22.319 pessoas com covid-19 internadas, contra 30.549 em 25 de março.

Em 25 de março

  • 30.549 total de internações
  • 12.674 pacientes na UTI
  • 17.875 pacientes na enfermaria

Em 25 de abril

  • 22.319 total de internações
  • 10.556 pacientes na UTI
  • 11.763 pacientes na enfermaria

Alunos voltam à escola na França

Depois da educação a distância e duas semanas de férias, os alunos franceses do jardim de infância e do ensino fundamental voltaram às aulas nesta segunda-feira (26) com um protocolo de segurança reforçado para tentar minimizar as chances de contágio. “A escola nos permite lutar contra as desigualdades sociais. É por isso que nossos filhos devem continuar indo, com um protocolo rígido. Bom retorno a todos!”, afirmou o presidente francês Emmanuel Macron em seu perfil no Twitter. O país soma 5,5 milhões casos, mais de 103 mil óbitos e quase 20 milhões de imunizados.

Testes de anticorpos

Uma equipe de pesquisa internacional liderada por cientistas da universidade britânica de Oxford desenvolveu um teste portátil e fácil de produzir para detectar os anticorpos do coronavírus. Os pesquisadores planejam usar o teste para avaliar se o método é capaz identificar quem já estaria protegido e quem ainda necessitaria de mais uma dose de reforço. A pesquisa ainda está em fase de testes.

UE processa AstraZeneca

A Comissão Europeia informou nesta segunda-feira (26) que iniciou um processo judicial contra a AstraZeneca por quebra de contrato no fornecimento de sua vacina e por falta de uma garantia confiável às entregas dos lotes dentro do prazo. O documento estabelece que a companhia entregue 180 milhões de doses à União Europeia (UE) no segundo trimestre de 2021. A empresa informou em 12 de março que entregaria um terço do montante. O presidente da farmacêutica, Pascal Soriot, afirmou que o contrato tem uma cláusula de “esforço possível”.

Moderna candidata ao Covax

O Mali lançou seu programa com as 396 mil doses fornecidas pelo Consórcio Covax

A vacina da Moderna será revisada em 30 de abril para, possivelmente, ser inserida no Consórcio Covax, da Organização Mundial da Saúde (OMS). Os imunizantes da Pfizer, AstraZeneca e Johnson & Johnson já integram a iniciativa.

Painel Coronavírus

Vacinados
• 1,03 bilhão no mundo (13,2% da população)
• 38,03 milhões no Brasil (18% da população)

Segunda dose
• 235,33 milhões no mundo (3% da população) *
• 11,04 milhões de brasileiros (5,23% da população)
* dados arredondados*

Quando será a minha vez?
Não há dia certo, porém no link da plataforma “Quando vou ser vacinado” é possível obter uma estimativa. Como os dados são atualizados quase todos os dias, as expectativas mudam de acordo com a quantidade de doses aplicadas, grupos atendidos, faixas etárias e estado. Confira.

Leitos de UTI
• 85% * de ocupação total em 15 estados brasileiros e o DF
* Não há uma contagem sistemática e centralizada dos leitos de UTI disponíveis nas redes pública e privada do país. O levantamento de MR é baseado nas informações veiculadas na imprensa

Casos confirmados
• 14.369.423 – acumulado
• 28.636 – novos infectados
• 12.879.051 – recuperados
• 1.098.436 – em acompanhamento
• 6.837,8 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas
• 391.936 – óbitos acumulados
• 1.139 – novas vítimas fatais
• 2,7% – letalidade
• 186,5 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 26/04/21 – 19h30

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade Johns Hopkins (EUA) e Fiocruz.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =

Pergunte para a

Mônica.