PATROCINADORES

Nº 131: nova vacina em teste no Brasil; Israel sem máscaras; 30 milhões de doses só para SP

Novo imunizante para 12 mil voluntários

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta segunda-feira (19) a aprovação de um novo ensaio clínico de vacina contra a covid-19. A candidata terá duas doses com intervalo de 22 dias. O desenvolvimento é patrocinado pela Sichuan Clover, da China. Dos 22 mil voluntários a serem testados, 12,1 mil devem ser brasileiros.

Em Israel já é possível descobrir o rosto

Amigas reunidas em um bar em Jerusalém

Após um ano, os israelenses já podem sair às ruas sem máscaras. O país caminha para uma relativa normalidade, enquanto a vacinação em massa avança. Cerca de 81% dos cidadãos com mais de 16 anos receberam as duas doses da Pfizer/BioNTech. Contágios e hospitalizações caíram drasticamente. Na última semana, o governo anunciou que o uso de máscaras não seria mais obrigatório em espaços públicos ao ar livre a partir deste domingo (18), mas a exigência de proteção em espaços públicos fechados se mantém.

40 mil prioritários da saúde entre 47 e 49 anos

Começa nesta segunda-feira (19), na capital paulista, a vacinação do grupo prioritário formado por trabalhadores dos serviços da saúde que não atuam na linha de frente, com 47, 48 e 49 anos. O público-alvo é de cerca de 40 mil pessoas. Para saber mais, acesse: Vacina Sampa.

Butantan vai produzir 30 milhões de doses para SP

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que garantiu 30 milhões de doses da CoronaVac para uso exclusivo no estado. Seria o suficiente para duas doses para 34% da população paulista. A informação foi divulgada em entrevista à rádio CBN, nesta segunda-feira (19). As doses chegariam em setembro para aplicação em outubro. O uso dos imunizantes seria possível após o Instituto Butantan cumprir o acordo com o governo federal para a entrega de 100 milhões de doses ao Programa Nacional de Imunização (PNI). Há dúvidas sobre a legalidade da medida, que feriria a distribuição demográfica da vacina em uma pandemia. Em seu favor, São Paulo conta com a maior população, 44 milhões de pessoas, e mais casos, com 2.747.217 infectados e 88.350 vítimas fatais. Um em cada 16 paulistas já pegou a doença.

Os 3 riscos graves da P.1

Descoberta em janeiro, a contagiosa variante de Manaus (P.1) mudou as orientações sobre infectados em São Paulo. Agora, eles devem procurar uma unidade de saúde assim que surgirem os sintomas. A mudança tem três motivos: agravamento rápido do quadro de saúde, mais jovens atingidos e maior tempo de internação. A P.1 estaria em mais de 80% dos pacientes da Grande São Paulo já no início de março. Os estudos mais conclusivos devem ser apresentados nas próximas semanas.

Itália abre exceção aos brasileiros

Mesmo com o risco da variante contagiosa P.1, autoridades italianas vão permitir o reencontro de famílias: com exames e isolamento prévios

O Ministério da Saúde da Itália abriu mais uma exceção para brasileiros e estrangeiros que estão em território nacional. Até 30 de abril, será permitida a entrada de quem quiser se reunir com os cônjuges ou companheiros com união civil comprovada. A proibição à entrada de brasileiros ou de pessoas em trânsito pelo Brasil foi decretada em 16 de janeiro e prorrogada diversas vezes.

  • As regras para a viagem continuam: teste negativo antes do embarque e que tenha sido feito, no máximo, em 48 horas; um novo exame até 48 horas após a chegada; e isolamento domiciliar por 10 dias com novo teste ao fim do período.

Indianos baixaram a guarda

A Índia passa por uma segunda onda de contaminações alimentada por uma falsa sensação de segurança e grande uma irresponsabilidade política, com comícios e atividades religiosas liberadas, aponta uma reportagem da BBC Brasil desta segunda-feira (19). A capital, Nova Delhi, com mais de 21 milhões de habitantes, passa por um novo lockdown de uma semana após o sistema de saúde ter beirado o colapso total. No domingo (18), apenas 113 dos 4.220 leitos de UTI reservados para casos graves de covid-19 estavam desocupados. O governo anunciou a reativação de 1.500 leitos nos próximos dias.

Lembrete: campanhas da gripe e da covid usam vacinas diferentes

A União Pró-Vacina, do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (IEA-USP), afirma: “é importante esclarecer que a vacina da gripe comum continua importante, ainda mais no contexto de pandemia”. Confira:

O que mais MONEY REPORT publicou

Painel Coronavírus

  • Vacinados
  • 905,92 milhões no mundo (12,07% da população)
  • 32,9 milhões no Brasil (15,6% da população)

Segunda dose
• 203.934 milhões no mundo (2,6% da população)*
• 8,59 milhões de brasileiros (4,1% da população)
*dados arredondados*

Quando será a minha vez?
Não há dia certo, porém no link da plataforma “Quando vou ser vacinado” é possível ter uma estimativa. Como os dados são atualizados quase todos os dias, as expectativas mudam de acordo com a quantidade de doses aplicadas, grupos atendidos, faixas etárias e estado. Confira.

Leitos de UTI
• 90% * de ocupação total em 20 estados brasileiros e o DF
*Não há uma contagem sistemática e centralizada dos leitos de UTI disponíveis nas redes pública e privada do país. O levantamento de MR é baseado nas informações veiculadas na imprensa

Casos confirmados
• 13.973.695 – acumulado
• 30.624 – novos infectados
• 12.460.712 – recuperados
• 1.138.301 – em acompanhamento
• 6.649 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas
• 374.682 – óbitos acumulados
• 1.347 – novas vítimas fatais
• 2,7% – letalidade
• 178 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 19/04/21 – 19h30

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade Johns Hopkins (EUA) e Fiocruz.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + onze =

Pergunte para a

Mônica.