PATROCINADORES

Nº 112: bebês em risco; vacinas encolhidas; Manaus (SP)

Todos os dias um novo recorde

Nesta quarta-feira (31), o Brasil registrou renovou seu recorde mórbido: 3.869 mortes em 24 horas. Houve um crescimento de 2,35% ante a terça-feira (30), que somou 3.780 registros fatais.

Variante sorocabana

O governo de São Paulo confirmou a identificação de uma nova variante do coronavírus em Sorocaba. Há apenas um caso conhecido. O paciente está em isolamento. A variante é geneticamente parecida com a sul-africana, mas o paciente não viajou ao exterior nem teve contato com pessoas que estiveram fora do país.

Mortalidade de bebês

Uma reportagem do jornal O Estado de S.Paulo desta quarta-feira (31) aponta que 899 bebês com menos de 1 ano morreram em 2020 por covid-19. O dado consta do Painel de Excesso de Mortalidade no Brasil e foi divulgado pela organização de saúde Vital Strategies.

UTIs de SP perto de sufocar

Primeiro lote liberado em São Paulo nesta tarde (31)

O Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo alerta para situação crítica do abastecimento de oxigênio em 120 municípios. Nesta quarta-feira (31), o governo paulista anunciou a compra de 2 mil cilindros de oxigênio que começaram a ser distribuídos durante a tarde. A quantidade ainda é insuficiente.

Pfizer para adolescentes

A vacina da Pfizer/BioNTech é 100% eficaz em adolescentes entre 12 e 15 anos, apontam os resultados de um ensaio clínico realizado nos Estados Unidos. A vacinação dessa faixa etária deve começar antes de agosto, quando inicia o ano letivo americano. Os ensaios de fase 3 envolveram em 2.260 adolescentes. Os dados serão analisados por grupos independentes de pesquisadores internacionais.

Imunizantes seguem minguando

“Recursos existem, o que ocorre é falta de vacina”: Marcelo Queiroga sendo óbvio

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta quarta-feira (31) que a previsão para o mês de abril é distribuir 25,5 milhões de doses de vacinas. A quantidade é quase a metade do inicialmente previsto. No cronograma da pasta, seriam entregues 47,3 milhões de doses. A cota de 21,1 milhões da Fiocruz caiu para 18 milhões. Envios da China e da Índia também foram atrasados. “Apesar de contratadas [as vacinas], há atraso na entrega. Não é simples, estamos empenhados em buscar com todas as armas que temos”, explicou Queiroga.

Dinheiro público para influencers da cloroquina

Mais de R$ 1,3 milhão em recursos públicos foram utilizados para financiar ações de marketing digital com influenciadores que defenderam o uso de medicamentos sem eficácia comprovada contra a covid-19. O valor foi investido por meio do Ministério da Saúde e da Secretaria de Comunicação (Secom). A ações ocorreram no Instagram. Em janeiro deste ano, a Secom contratou quatro influenciadores que receberam R$ 23 mil para falar de “atendimento precoce”. A pretensa malandragem da campanha foi trocar “tratamento” por “atendimento”, a fim de evitar críticas.

R$ 250 milhões para desencalhar kit

Com mais de 2,5 milhões de comprimidos de hidroxicloroquina encalhados, o Ministério da Saúde planeja gastar R$ 250 milhões para oferecer este medicamento e o antibiótico azitromicina no programa Farmácia Popular. O plano prevê reembolsar conveniados que distribuam gratuitamente as drogas sem comprovação do kit covid, aponta a reportagem do jornal O Estado de S.Paulo desta quarta-feira (31).

China dificulta busca pela origem do vírus

Wet Market de Huanan, Wuhan, onde se acredita que o paciente zero foi infectado

O estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a origem da pandemia foi questionado por pesquisadores de 13 países, incluindo Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. Haveria falta de documentos que confirmem as conclusões divulgadas na terça-feira (30). As autoridades chinesas não permitiram acesso total dos investigadores às informações. Uma segunda análise seria necessária. “Apesar de a equipe ter chegado à conclusão de que o vazamento de laboratório seria a hipótese menos provável, isso ainda requer investigações mais profundas”, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanon.

O que mais MONEY REPORT publicou

Painel Coronavírus

Vacinados

  • 577,9 milhões no mundo * (7,70% da população)
  • 18,2 milhões no Brasil * (8,62% da população)
    * Considerando as duas doses
    Dados atualizados em 31/03/21 – 20h

Leitos de UTI

  • 80% * de ocupação total em 23 estados brasileiros e o DF
    * Não há uma contagem sistemática e centralizada dos leitos de UTI disponíveis nas redes pública e privada do país. O levantamento de MR é baseado nas informações veiculadas na imprensa

Casos confirmados
• 12.748.747 – acumulado
• 90.638 – novos infectados
• 11.168.937 – recuperados
• 1.257.295 – em acompanhamento
• 6.066,6 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas
• 321.515 – óbitos acumulados
• 3.869 – novas vítimas fatais
• 2,5% – letalidade
• 153,0 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 31/03/21 – 20h

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade Johns Hopkins (EUA) e Fiocruz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 16 =

Pergunte para a

Mônica.