PATROCINADORES

Nº 110: Queiroga vai às compras; México supera Brasil; crianças imunizadas

Mais Covax

O Ministério da Saúde demonstra interesse em ampliar as compras de vacinas junto ao Consórcio Covax, da Organização Mundial da Saúde (OMS). Porém, nenhum novo acordo foi fechado. Em 2020, a Saúde e o Itamaraty decidiram aderir ao projeto, mas optaram por comprar a cota mínima, capaz de atender só 10% da população brasileira, com 42 milhões de doses. O novo titular da Saúde, Marcelo Queiroga, pretenderia elevar esse montante para 20%, o que representaria um total de 84 milhões de doses.

Testes em crianças

As vacinas contra a covid-19 terão versões infantil. As farmacêuticas Janssen (Johnson & Johnson), Pfizer e Moderna estão imunizando menores de 18 anos em vários países para comprovar a segurança e eficácia em diferentes dosagens, aponta o site El País, nesta segunda-feira (29). Apesar do vírus não ser perigoso para crianças, especialistas consideram um risco deixá-las de fora das campanhas, já que quando infectadas, funcionam como reservatórios do vírus.

México supera Brasil em mortes após recontagem

Cemitério em Nezahualcoyotl, perto da Cidade do México

O ministério da Saúde do México revisou dados e descobriu que as mortes causadas pela covid-19 são 60% maiores do que se acreditava, aponta a BBC Brasil nesta segunda-feira (29). Pelo menos 321 mil pessoas podem ter morrido pela doença, superando o Brasil, que soma 312 mil vítimas fatais. Falta confirmação, mas o México deve se tornar oficialmente o segundo país com mais mortes, superado apenas pelos EUA, com 550 mil vidas perdidas. Se comparado com o Brasil, o impacto no México é muito maior. Os mexicanos são 126 milhões, os brasileiros, 211 milhões. O presidente do país, Andrés Manuel López Obrador, enfrenta críticas pela forma como lida com a crise, minimizando sua gravidade e contribuindo para atrasos no programa de vacinação.

Origens da pandemia

Um estudo preliminar conjunto da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de cientistas chineses sobre as origens da covid-19 indica que a transmissão de morcegos para humanos via um terceiro animal – ainda desconhecido – é o caminho mais provável para explicar a pandemia. A hipótese de contaminação a partir de um acidente em laboratório é “extremamente improvável”, aponta uma reportagem da Associated Press desta segunda-feira (29). O relatório oficial deve ser divulgado na terça-feira (30). As conclusões são aguardadas, já que a descoberta das origens do vírus podem ajudar os cientistas a prevenir novas pandemias.

Reino Unido relaxa confinamento

Primeiro-ministro Boris Johnson visita um centro de vacinação em Stoke-on-Trent

O lockdown na Inglaterra terminou nesta segunda-feira (29). A população pode se reunir ao ar livre em grupos de até seis pessoas pela primeira vez em quase três meses. Porém, o primeiro-ministro Boris Johnson pediu cautela devido ao crescimento de casos de covid-19 na Europa. A estratégia britânica é adotar um afrouxamento paulatino e irreversível das medidas restritivas enquanto avança a vacinação.

O que mais MONEY REPORT publicou


Painel Coronavírus

Vacinados

  • 552 milhões no mundo * (7,36% da população)
  • 17,7 milhões no Brasil * (8,38% da população)
    * Considerando as duas doses
    Dados atualizados em 29/03/21 – 21h00

Leitos de UTI

  • 90% * de ocupação total em 14 estados brasileiros
    * Não há uma contagem sistemática e centralizada dos leitos de UTI disponíveis nas redes pública e privada do país. O levantamento de MR é baseado nas informações veiculadas na imprensa

Casos confirmados
• 12.573.615 – acumulado
• 38.927 – novos infectados
• 10.969.247 – recuperados
• 1.290.502 – em acompanhamento
• 5.983,2 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas
• 313.866 – óbitos acumulados
• 1.660 – novas vítimas fatais
• 2,5% – letalidade
• 149,4 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 29/03/21 – 21h

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade Johns Hopkins (EUA) e Fiocruz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =

Pergunte para a

Mônica.